terça-feira, 12 de maio de 2009

Rd50-A primeira moto nacional!

Trecho da revista duas rodas:
"O mercado queria uma cinqüentinha,por isso lançamos a yamaha rd50, a primeira moto fabricada inteiramente no Brasil.
As cinqüentinha eram na época as 125cc de atualmente" releembra Moacyr ALberto Paes,funcionário número 13 da Yamaha do Brasil.
Hoje,Moacyr é diretor executivo da Abraciclo(associação brasileira do setor de motocicletas)."
Lembro da primeira,uma Yamaha Rd50 Azul.A 2 rodas na época fez uma viajem até Joinville.
Recordo que o pistão furou e o repórter usou um parafuso para continuar a viajem"Diz.
---------------------------------------------------------------------------
Isso mesmo, a Yamaha Rd50 foi a primeira moto totalmente produzida aqui no brasil!
A Yamaha se instalou no Brasil em 1970 para iniciar a importação e distribuição de motocicletas,
motores de popa,peças genuínas e prestação de assistência técnica através de Rede de Concessionárias Autorizadas.Em 1971, Yamaha e Honda começam a trazer motocicletas japonesas ao país.
Com a restrição às importações, em 1975, as duas decidem construir fábricas no Brasil
e impulsionam o desenvolvimento do pólo industrial de Manaus (AM).
A Yamaha produz a primeira moto brasileira em 1974.Nasce a RD 50, logo afetuosamente chamada de “cinquentinha”, a primeira motocicleta nacional.
Primeira motocicleta fabricada no Brasil na fábrica em Guarulhos/São Paulo.

Monocilindrico de dois tempos, refrigerado a ar, com Autolube, sistema de ignição por volante do magneto, filtro de ar úmido de fibras plano.Com 49 cm³ e 6,3 HP . Apesar de ser pequena ela era bastante forte , levando-se em consideração que foi feita para a pilotagem no plano.(transporta pouco mais de 75 kg) Com cinco velocidades sincronizadas, embreagem multidisco em banho de óleo, partida por pedal etc.. Esse projeto foi concebido com chassis tubular, em berço duplo, uma sofisticação para as 50cc da época que tinham, na sua maioria, o quadro monobloco de chapa estampada.
Seu propulsor conta com um valente motor 2 tempos de 50cc com admissão pelo cilindro, abandonando a tradicional admissão pelo cárter, e um cambio de 5 marchas.
Com estes quisitos, a RD50 nacional veio inovar tecnicamente o mercado brasileiro tendo como base a oferta dos produtos de sua concorrência.
Seu sucesso foi tanto que, a Yamaha, logo lançou a RD75, no mesmo chassis da RD50, a qual, também, teve um bom retorno comercial. Afinal, de nacional, só existiam as duas na época!
Com certeza deixou muitas saudades pois foi a porta de entrada para muitos no mundo das duas rodas!

[[Ciclo2Tempos]]

2 comentários:

Fábio disse...

Tenho até hoje a propaganda com a ficha técnica (cores Azul Brasil e Vermelho Ipanema) autografada pelo então campeão Sul-americano na época, Nivanor Bernardi (moto-cross), 1974 !!, bons tempos...

Fábio Muniz Pinto disse...

Tenho a propaganda de lançamento do Salão do Automóvel, até hj autografada pelo campeão de cross da época Nivanor Bernardi, 1974 !!