sábado, 29 de novembro de 2008

Trocando embreagens de uma DT200 Passo a passo!



Nesse post ensinaremos como trocar a embreagem de uma motocicleta Yamaha dt.
As fotos mostram uma dt200 sendo destrinchada.Você vai precisar de:


Material necessário:
- Discos de embreagem;
- Óleo para o motor

Material que talvez seja necessário:


- Junta do motor (barato, vale a pena comprar pra garantir)
- Separadores dos discos (é raro ter que trocar, e custa caro)
Ferramentas:
- Chaves philips e de fenda;
- Chave de boca no. 18;
- Chave cachimbo no. 17;
-Chave de boca no. 8;
- Allen no. 4;
- Allen no. 5;
- Pincel;
- Querosene;


Inicialmente, antes de desmontar a tampa do motor, precisamos fazer algumas coisas:
1- Drenar o óleo do motor. (lembre-se de levá-lo a um posto de coleta, um posto de gsaolina, por ex, não polua o meio ambiente...)Figura 1
2- Retirar o pedal de partida. Ítem 1 Figura 1

3- Retirar o pedal do freio trazeiro (arroela travante, use uma chave de fenda). Ítem 2 Figura 1

4- Retirar essa mangueira (relativa ao sistema de arrefecimento), e guardar a água que sair, porque provavelmente ela está com fluído e ele não é tão barato .
Obs.: Incline a moto bastante, pra sair tudo. Ítem 3 Figura 1

5- Retire os parafusos (normalmente allen 4 ou fenda) do tubo que leva água ao cilindro. Ítem 4 Figura 1
Obs.: Cuidado para não perder o o'ring responsável pela vedação. Agora a tampa do motor está pronta para ser retirada!

6- Retire todos os parafusos da tampa. Ítem 5 Figura 1.
Obs.: Cuidado para não se confundir e retirar os parafusos da tampinha da bomba da água e auto lub! Ítem 6 Figura 1


Figura2
7- Para retirar a tampa, é necessário um tanto de delicadeza, e atenção especial para o eixo do pedal de partida (Ítem 3 Figura 2), enquanto se puxa a tampa, mantenha este eixo pressionao para dentro. Se ele se soltar, o trabalho é grande para montá-lo de volta. Caso isto aconteca, olhe a figura 2 para ver onde a mola é enroscada.Obs.: Cuidado para não rasgar a junta!Motor já esta aberto, hora de desmontar o sistema de embreagem.

8- Retirar os 5 parafusos (chave 8 de boca e philips) que prendem os discos a campana. Ítem 1 Figura 2 Obs 1.: Não mexer no parafuso de regulagem, depois falarei dele. Ítem 2 Figura 2. Obs 2.: Você perceberá que, ao tentar retirar os parafusos, toda a embreagem irá girar junto.

Para travar o conjunto, voce pode colocar uma chave de fenda entre a engrenagem do virabrequim e a da campana. Ítem 4 Figura 2. Mas eu, particularmente, sou meio chato (receio danificar as engrenagens) e prefiro usar 2 chaves, uma em um parafuso, para segurar, enquanto a outra solta outro pafaruso. Figura3

- Puxe os discos, que sairão juntos com a tampa da campana (não conheço o nome específico da mesma). Separe-os sem retirá-los da tampa, depois cuidaremos deles.10- Lave todo o motor, com cuidado, usando pincel e querosene. É normal algumas partículas dentro da campana e uma borra mais escura no fundo do motor.

Dê atencão especial a circunferência interna dos dois retentores que ficam na tampa, é normal a sujeira acumulada por fora, se alojar entre o retentor e o eixo durante a montajem, e nessa caso, a chance de causar um vazamento é grande.Não se esqueça também de limpar muito bem a borda do motor, onde fica a junta.11- Agora sim, retire os discos da tampa da campana, e os separadores. É interessante lavar bem os separadores, individualmente.

Figura 4: a esquerda, os separadores, e a direita, a tampa da campana

Figura5

12- Verifique o estado geral de cada separador. Eles devem conter uma textura lisa, devido ao tratamento que o metal recebe, e uns "furinhos" rasos. Caso eles estejam com algumas partes já sem a camada de revestimento (como na Figura 5), ou caso eles estejam gastos a ponto de não se ver os furinhos, é aconselhável a trocas dos mesmos.No meu caso, como era só um disco que estava descascado, e só aquele pedacinho, não os substitui.

Figura 6

Vamos montar a campana, com os novos discos!

13- Vá intercalando um disco e um separador na campana. Lembre-se que, como temos 7 discos e 6 separadores, a sequência comeca e termina com disco.Obs.: É interessante colocar os separadores exatamente na ordem inversa que estavam antes, a fim de prolongar sua vida útil, pois a tendência é que o desgaste seja maior nos discos e separadores internos.

Figura 7

14- Neste momento, aconselho jogar uma pequena quantidade de óleo de motor novo sobre os discos, pois na primeira partida da moto, eles estarão totalmente secos, e estes estariam pasando por um esforço desnecessário. Claro, isso é apenas frescura minha, mas não custa nada fazer

Figura8

15- Aperte os parafusos mostrados na figura 8, lembrando que após eles chegarem ao fim do curso, com a chave philips, eles devem receber um aperto pouco mais vigoroso, com o auxílio de uma chave de boca no. 8.Se lembram do parafuso citado no passo 8 (Ítem 2 Figura 2)?

Então, agora é hora de mexer nele.16- a) Com a moto engatada, empurre-a pra frente e pra trás, algumas vezes, primeiro sem pressionar a embreagem, e depois acionando-a.b)Solte a porca ao redor do parafuso, de umas 5 voltas no sentido anti-horário, desrosqueando-o. c)Rosqueie o parafuso, devagar e com pouca força, até que ele encoste em algo. d)Por último, aperte a porca travante, retirada no passo 'b'.

Figura9

17- Se certifique de que toda a área em que há contato da tampa com o bloco esteja perfeitamente limpa, como destacado na figura7 .

Passe uma fina camada de graxa nestas partes, como ilustrado nas figuras 9; além de ajudar um pouco na vedação, a graxa permite que a junta seja reaproveitada, já que as chances da mesma rasgar na desmontagem é drasticamente reduzida com esse procedimento.

Obs.: Em motores 2T, a pressão interna é menor, por isso me dei ao luxo de aproveitar a mesma junta. Mas caso esta esteja com qualquer falha; um rasgo ou ressecada, por ex, substitua-a para evitar estresse depois.Hora de remontar o motor! Já estamos quase lá.

18- Recoloque a tampa no motor e aperte os parafusos. Não se esqueca dos parafusos Ítem 4 Figura 1.19- Remontar tudo que foi desmontado: mangueira de água, pedal de partida e pedal do freio.20- Fluídos: Óleo do motor e líquido de arrefecimento.A moto já esté andando novamente!Considerações Finais:1- Se a embreagem estiver baixa, estique mais o cabo, se estiver alta demais, ou caso esteja derrapando um pouco, diminua o cabo.

Para tanto, utiliza os esticadores do cabo da embreagem.

2- Assim que a embreagem começa a derrapar, demonstrando sinais de desgaste, voce pode prolongar um pouco mais a vida útil dela, repetindo o passo 16. Mas esse procedimento não é muito recomendado, tendo em vista o preço dos discos da embreagem (eu paguei apenas R$60,00).

3- Acredito que este tutorial possa ajudar na troca da embreagem de qualquer moto 2T, pois o sistema é parecido. Já nas 4T, muda um pouco.

4-É comum, que um ou dois dos discos velhos ainda estejam em bom estado. No meu caso, por exemplo, apenas os dois primeiros estavam ruins, os demais podem ser reaproveitados. Então, utilizando um paquímetro, selecionei os discos que ainda estavam quase novos, e da próxima vez que precisar trocar a embreagem, possivelmente utilizarei estes discos para substituir apenas os que estejam ruims.


Esse é o disco novo,assim que saiu da caixa:3mm de espessura

Um disco ruim terá 2,5 mm de espessura

Espero que tenham gostado do post,até o proximo!

[[Ciclo2Tempos]]

8 comentários:

xixo disse...

Excelente aula de troca de embreagens. Eu gostaria que vc explicasse também a troca do retentor da bomba dágua da DT 200R, pois eu tenho uma dúvida. Para fazer a troca da minha DTzuda eu tenho que tirar a tampa lateral do motor ou consigo fazer apenas tirando a tampa da bomba dágua?

Antecipadamente,
grato.
Vlw.

xixo disse...

Excelente aula. Agora eu preciso saber se, para trocar o retentor da bomba dágua da DT200R é nescessário retirar a tampa lateral do motor ou é possível fazer este trabalho somente retirando a tampa da bomba dágua?

V8 disse...

Se exceder o limite apertando o parafuso da regulagem da embreagem é normal a motocicleta arrancar normal mas após 'escapar' a embreagem, correto?

V8 disse...

Caso o parafuso da regulagem da campana da embreagem for apertado além do limite a embreagem poderá ''patinar'' e caso não for apertado na medida minima necessária o mesmo não desembriará

Anônimo disse...

eu não sei, mas acredito que na DT200 seja igual ao da Dt180(minha moto), a regulagem exata é feita girando o parafuso da campana, ocasião em que ao girar este o braço da embreagem(onde vai o cabo no motor), este deve se alinhar com um pino no bloco do motor. essa é a regulagem certa da embreagem na campana.
e na montagem dos discos cada placa de separação(placa de metal), que deve estar o lado liso voltado pra quem monta a embreagem e cada palca tem um ressalto que deve ser montado apontando cada um dos parafusos da campana. troquei a minha semana passada. espero ter ajudado. Norberto

Anônimo disse...

amigo , eu troquei o óleo da minha Dt 200r ,puz exatos 650 ml de oleo 4 tempos de moto, e porque a moto começou a queimar uma fumaceira sinistra , se antes nao era assim ?? tem algum meio do oleo da caixa ir para o cilindro,?? abraço

Cido Almeida disse...

Ola pessoal, sou novo no blog..Excelente matéria !!.. gostaria que vcs posta-se aqui uma tutorial mais profundo da regulagem do parafuso da campana de embreagem da Rd135, pois fiz a troca dos disco, e ate o momento estou com duvida em relação ao aperto do mesmo.
Grande abraço , desde ja agradeço.
Campo Grande - MS

Cido Almeida disse...

Bom dia,
EXCELENTE MATERIA !! GOSTARIA DE TUTORIAL MAIS A FUNDO EM RELAÇÃO DA TROCA DE EMBREAGEM DA RD135 , POIS FIZ A TROCA DA MESMA E ATE O MOMENTO ESTOU COM DUVIDAS EM RELAÇAO NO APERTO & FOLGA DO PARAFUSO AO CENTRO DA CAMPANA.
DESDE JA AGRADEÇO PELA FORÇA
C.GRANDE - MS